Alegado homicida de Vieira do Minho comentou no Facebook após crime

Uma mulher foi morta pelo marido na noite de quarta-feira em Vieira do Minho, no distrito de Braga. O suspeito, um homem de 40 anos, entregou-se às autoridades.

O alegado homicida será António Fidalgo e, já após o homicídio, deixou um comentário ainda visível, na página de Facebook O Minho, a comentar a notícia do homicídio de que é suspeito.

O comentário em causa terá sido feito após o homicídio, tendo o suspeito acabado por se entregar depois à GNR.

Segundo revelava ontem a Lusa, citando fonte da GNR, esta autoridade militar não tinha nos seus registos qualquer histórico em relação ao casal em causa, tendo ambos cerca de 40 anos.

Este homicídio em Vieira do Minho elevou para 12 o número de vítimas mortais de violência doméstica em Portugal, desde o início de 2019.