Home / Vidas / Ângelo Rodrigues : “Prognóstico reservado” após choque séptico

Ângelo Rodrigues : “Prognóstico reservado” após choque séptico

Ator está nos cuidados intensivos do Hospital Garcia da Horta. Já foi sujeito a três intervenções cirúrgicas.

“Estável, mas com prognóstico reservado.” É assim que Ângelo Rodrigues se encontra esta quarta-feira ao final da tarde. Fonte próxima do ator confirmou ao JN que o ator, de 31 anos, foi submetido a três cirurgias na sequência de um choque séptico “para limpar toda a bactéria”, mantendo-se nos cuidados intensivos do Hospital Garcia da Horta, em Almada.

O ator deu entrada na unidade hospitalar, que é próxima da Charneca da Caparica, onde vive, na segunda-feira com um quadro de infeção generalizada que se confirmou ser uma septicemia. Teve posteriormente uma paragem cardíaca revertida pelos médicos. A falência de um rim tem obrigado a fazer hemodiálise. A toma de injeções de testosterona nos glúteos tem sido apontada como a causa da sepses (o que pode acontecer), mas, ao JN, um amigo conta que “não é garantido que tenha sido isso a causa”.

No hospital, Ângelo conta com a presença da mãe e da irmã. E nas redes sociais são muitas as manifestações de apoio de fãs e colegas de profissão. A SIC, estação para a qual o artista trabalha desde 2010, também declarou que está a acompanhar “de perto a evolução do estado clínico do Ângelo, com a preocupação e o recato que a situação exige e com a firme esperança de que recupere bem e rapidamente”.

Atualmente, podemos vê-lo como Bruno na série “Golpe de sorte”. A personagem também vai correr risco de vida, após descobrir que tem hepatite autoimune. Na ficção, quase como ironia, terá que fazer hemodiálise, e o guião dita que precisa de um transplante para se salvar.