Cadeia de supermercado de Isabel dos Santos encerra lojas e despede trabalhadores

Arresto das contas da empresária angolana na origem da decisão.

A cadeia de supermercados Candando, gerida pela empresária angolana Isabel dos Santos, vai encerrar metade das lojas em Angola e despedir 1000 trabalhadores, anunciou o jornal ‘Valor Económico’.

Na base da decisão estará o arresto das contas bancárias de Isabel dos Santos. “O Candando está a fechar. Não todas as lojas, algumas vão fechar. Só metade vai continuar. De 2000 trabalhadores, só metade permanecerá”, avançou a empresária angolana ao jornal local.

O cenário dentro de várias lojas da Candando tem-se deteriorado ao longo dos últimos meses e muitas estão praticamente vazias e com as prateleiras sem produtos.