Home / Mundo / Erro a bordo dispara alerta de sequestro em aeroporto de Amesterdão

Erro a bordo dispara alerta de sequestro em aeroporto de Amesterdão

As autoridades holandesas retiraram passageiros de um avião da Air Europa devido a “uma situação suspeita”, no aeroporto Schiphol. O voo iria partir de Amesterdão para Madrid, Espanha. O incidente foi considerado um “falso alarme”.

A Air Europa confirmou na sua conta de Twitter que foi um “falso alarme”: foi ativado por engano um aviso que colocou em marcha vários protocolos relacionados com “sequestros no aeroporto”. A companhia aérea espanhola lamentou o sucedido.

O avião terá enviado um “sinal errado” que provocou a mobilização de vários serviços de emergência. “Nenhum passageiro sofreu o mínimo perigo”, adiantaram fontes da operadoras turística espanhola Globalia, citados pelos média holandeses.

A mesma imprensa informa que terá sido o piloto a acionar o botão que despoletou o sinal de alerta.

A BBC tinha adiantado que a polícia holandesa tinha confirmado uma “situação GRIP-3”, um incidente com consequências graves para a população local, que afinal não passou de um lapso.

Várias publicações nas redes sociais mostram o aparato junto ao avião na pista do aeroporto de Schiphol, em Amesterdão. A polícia holandesa adiantou que estava a investigar uma “situação suspeita”, não avançando com mais pormenores.

Na conta do Twitter, o aeroporto Schiphol informou que os passageiros e a tripulação foram retirados do avião. Outras aeronaves continuam a aterrar na pista, porém alguns voos sofreram atrasos ou foram cancelados. “A situação agora é segura”, disse um porta-voz do aeroporto, Dennis Muller, citado pela Associated Press.