Home / Mundo / Filho recusa parar videojogo. Mãe agride e desloca-lhe o maxilar

Filho recusa parar videojogo. Mãe agride e desloca-lhe o maxilar

Uma mãe da Flórida, nos Estados Unidos, está a ser acusada de agredir o próprio filho após este se recusar a parar de jogar videojogos. A criança de 10 anos ficou com o maxilar deslocado.

Ann Perugia, de 35 anos, estava a tentar obrigar o filho a tomar banho e a terminar o jogo de Fortnite, já depois de o ter deixado jogar algumas horas com os amigos. A criança de 10 anos, filho de pais separados, não terá obedecido à progenitora, o que a enfureceu.

Seguiu-se uma discussão que terá resultado na agressão da mãe ao filho: Ann Perugia terá dado um soco à criança, deslocando-lhe o maxilar. Após o sucedido, o jovem terá ligado ao pai e pediu-lhe para vir buscá-lo à casa da mãe.

As autoridades relatam que a criança tinha arranhões no corpo, além do maxilar deslocado. A progenitora negou a agressão e afirmou que o filho, enquanto esperava pelo pai, atirou pedras ao seu carro e terá dito que odiava a mãe.

Foi uma tia do jovem que acabou por fazer a denúncia do caso e que está a atualmente a tomar conta da criança, uma vez que o pai não tem a sua custódia. A mãe foi mantida em prisão preventiva e deverá ser acusada de agressão e abuso infantil.