Grupo de angolanos pede intervenção de Luanda por causa dos incidentes no Bairro da Jamaica

O Governo de Angola apelou a 25 de Janeiro à população a abster-se de participar em qualquer iniciativa que coloque em causa a ordem e tranquilidade pública, na sequência dos acontecimentos registados com cidadãos angolanos no bairro da Jamaica.

Os subscritores desta “declaração de tomada de posição”, apresentada este sábado publicamente em Luanda, dizem-se “indignados” com os acontecimentos do mês passado em Portugal, em Vale de Chícharos, conhecido como bairro da Jamaica, e com as “declarações de xenofobia que daí advieram”.