Home / Desporto / ‘Jesus é o cara!’- Flamengo conquista Libertadores

‘Jesus é o cara!’- Flamengo conquista Libertadores

River esteve a ganhar até aos 89 minutos, mas Gabriel Barbosa mudou o rumo dos acontecimentos.

O Flamengo conquistou, este sábado, a Taça Libertadores depois de vencer o River (2-1), numa final de loucos e com Gabigol em plano de destaque.

O Flamengo esteve a perder até aos 89 minutos, mas eis que Gabigol surgiu com dois golos em três minutos, mudando a história desta final.

Jorge Jesus conquista o primeiro título ao serviço do Flamengo. O treinador português ‘devolve’ a Libertadores à equipa brasileira que só tinha uma conquista deste troféu em 1981. Jorge Jesus é mesmo o primeiro português e o segundo treinador europeu a conquistar a Libertadores.

Resumo

A história deste jogo resume-se a dois momentos: o River foi melhor na grande maioria dos minutos e o show de Gabigol.

Os argentinos abriram as contas aos 14 minutos, por intermédio de Rafael Borre, traduzindo no marcador a superioridade evidenciada na primeira parte. Na segunda metade, o Flamengo reagiu, começou a equilibrar a partida, mas tinha claras dificuldades em visar a baliza do River.

Dificuldades que acabaram aos 89 minutos. Bruno Henrique meteu o turbo, Arrascaeta meteu a bola no sítio certo e Gabigol empatou o jogo à beira do apito final. Quando se pensava que a final iria para prolongamento, eis que surge novamente Gabigol a levar o Flamengo ao céu e a guiar os brasileiros à conquista da Libertadores.

O Flamengo conquista assim a segunda Libertadores na sua história, depois de 1981, e Jesus o 16.º título na carreira. Uma final digna de ser recordada para as próximas gerações.

Momento do jogo: Aquele golo aos 89 minutos mudou tudo. O River já se preparava para fazer a festa e os adeptos do Flamengo já tinham atirado a toalha ao chão. Mas eis que tudo muda e a seguir Gabigol volta a marcar, lançando o Flamengo numa conquista incrível. Uma final para mais tarde recordar.