Loures : Agentes da PSP agredidos quando dispersavam multidão

Três agentes da PSP foram agredidos, na sexta-feira à noite, quando dispersavam um grupo de pessoas em Loures, durante uma ação de fiscalização a um estabelecimento. Há dois detidos.

“Os elementos policiais deslocaram-se ao local para fazer dispersar a multidão e fazer a fiscalização a um estabelecimento quando foram injuriados, ameaçados e agredidos”, explicou fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

A situação ocorreu durante uma ação de fiscalização no Prior Velho, no concelho de Loures, distrito de Lisboa, disse ainda. Esta é uma das 19 freguesias críticas em estado e calamidade e sob medidas adicionais de prevenção para controlo da pandemia de covid-19.

A mesma fonte da PSP acrescentou que após a deslocação de um carro patrulha foi necessário chamar reforço policial, devido ao aglomerado de pessoas na via pública, junto ao estabelecimento.

“Os elementos foram rodeados e foi necessário intervir de uma forma mais firme”, sublinhou.

Duas das pessoas do grupo acabaram detidas após as agressões terem ocorrido, acrescentou a PSP.

Das agressões resultaram três polícias feridos “sem gravidade” e que foram assistidos pelos bombeiros no local, assim como os dois detidos.

O Cometlis explicou que durante a deslocação para a esquadra os dois detidos pediram tratamento hospitalar, tendo sido encaminhados para o Hospital de São José.

“Um deles acabou por se sentir maldisposto durante a deslocação para a esquadra. O outro, que ficou com algumas escoriações, também decidiu ir ao hospital receber tratamento”, onde se encontravam pelas 00.30 horas, adiantou a PSP.