Home / Mundo / Médico de universidade norte-americana abusou de 177 estudantes

Médico de universidade norte-americana abusou de 177 estudantes

Vítimas são todas do sexo masculino.

Um médico da equipa de atletismo da Ohio State University, nos EUA, abusou sexualmente de pelo menos 177 estudantes do sexo masculino, entre 1979 e 1997, revelou esta sexta-feira a universidade.

Conta a BBC, que o Dr. Richard Strauss, que morreu em 2005, é acusado de ter “tocado” e realizado “exames desnecessários” a quase duas centenas de jovens atletas.

Através de um comunicado, o estabelecimento de ensino explicou que, apesar das queixas de diversos alunos, os funcionários da universidade não “conseguiram” evitar os abusos, o que é “inaceitável”.

O mesmo documento revela que os abusos foram perpetuados em vários locais campus universitário, incluindo salas de exames, vestiários, chuveiros e saunas.

O presidente do Estado de Ohio, Michael Drake, já reagiu. Diz que houve um “fracasso institucional consistente” e lamenta que isso tenha acontecido durante mais de duas décadas sem que nunca ninguém fizesse nada.

O comunicado da universidade surgiu depois de vários antigos alunos do estabelecimento de ensino terem processado o mesmo e exigirem que este assuma a responsabilidade pelos danos infringidos pelo médico que tirou a própria vida em 2005.