Home / Mundo / Não há portugueses entre as vítimas da queda de avião

Não há portugueses entre as vítimas da queda de avião

Novo modelo da aeronave da Ethiopian Airlines a caminho do Quénia transportava 157 pessoas. Queda aconteceu seis minutos após descolar.

Não há sobreviventes na queda do avião da Ethiopian Airlines que se despenhou a caminho de Nairobi, capital do Quénia, com 157 pessoas a bordo, entre as quais 149 passageiros e oito tripulantes.

Segundo avança a companhia aérea, citada pela Reuters, também não existem portugueses entre as vítimas mortais.

A bordo seguiam passageiros de 33 nacionalidades, entre os quais dois espanhóis, 32 quenianos, 18 canadianos, nove etíopes, oito chineses, oito italianos, oito norte-americanos, sete britânicos, sete franceses, seis egípcios, cinco holandeses, um moçambicano, dois marroquinos e três russos.

A aeronave seguia de Addis Adaba, na Etiópia, em direção à capital queniana.

O porta-voz da companhia aérea disse em comunicado que foi lançada uma operação de resgate. De acordo com a informação avançada pela imprensa internacional, o acidente com o avião Boeing 737 caiu cerca de seis minutos após a descolagem na capital da Etiópia.

“Está confirmado que o avião caiu às 8h44”, disse um porta-voz da companhia aérea.

Este é um modelo novo da Boeing que havia chegado à companhia há poucos meses. Recorde-se que em outubro do ano passado houve um acidente no mar de Java, também com este novo modelo, no qual morreram 189 pessoas. Este é o segundo acidente em cinco meses com o Boeing 737-800 MAX.

De acordo com o site FlightRadar, a aeronave que este domingo se despenhou mostrou instabilidade na velocidade ao descolar do aeroporto.

O gabinete do primeiro-ministro da Etiópia enviou condolências via Twitter às famílias das vítimas mortais no acidente.

A Ethiopian Airlines publicou um comunicado no Twitter onde explica os contornos do acidente. A aeronave com registo ET-AVJ, um Boeing 737 MAX, descolou às 8h38 – hora local – tendo o contacto sido perdido às 8h44. A companhia aérea confirmou ainda que, a bordo, seguiam 157 pessoas no momento do acidente.

pub