Home / Comunidades Emigrantes / Países nórdicos estão a atrair mais portugueses

Países nórdicos estão a atrair mais portugueses

Noruega, Dinamarca, Islândia e Suécia estão a ter mais procura. Espanha também sobe como destino em 2018 enquanto o Reino Unido continua a descer.

Assim que acabou a licenciatura em Engenharia Informática no Porto, Carlos foi contratado por uma empresa onde esteve três anos. Mas sentia falta de uma experiência profissional no estrangeiro e por isso, quando foi contactado através do LinkedIn por uma empresa norueguesa que lhe ofereceu o dobro do salário em troca de um emprego em desenvolvimento de software, o jovem de 25 anos nem hesitou. Assinou o contrato em novembro do ano passado e mudou-se há seis meses para a cidade de Kristiansand, no sul da Noruega.

Carlos Vilaça não foi o único. A emigração para a Noruega aumentou 20% em 2018, interrompendo a queda registada desde 2014. Pelo segundo ano consecutivo, também subiram as entradas de portugueses na Dinamarca (19%). E na Suécia atingiram o ponto mais alto das duas últimas décadas, crescendo 9%. Na Islândia, a subida foi de 23% e para a Finlândia ainda não há dados relativos ao ano passado, mas em 2017 o número de entradas foi 10% mais alto. Somados, são cerca de dois mil portugueses, o que representa uma pequena parte da emigração, distante dos 19 mil que foram para o Reino Unido em 2018. No entanto, o aumento das entradas nos países do Norte da Europa reflete uma tendência que parece estar a consolidar-se.