Home / Brasil / Polémica na Canarinha: Festa com prostitutas leva polícia a intervir

Polémica na Canarinha: Festa com prostitutas leva polícia a intervir

Episódio ocorreu depois da vitória do Brasil sobre o Qatar.

Alguns jogadores da seleção brasileira participaram numa festa em Brasília, após vitória num jogo de preparação sobre o Qatar, nesta quarta-feira, por 2-0, no Estádio Mané Garrincha.

De acordo com o site Metropoles, pelo menos dois atletas da seleção foram celebrar o triunfo numa festa privada, num dos bairros mais nobres da capital do país.

A diversão estendeu-se pela madrugada de quinta-feira e virou até caso de polícia. Incomodados com o barulho, que durou a noite toda, alguns vizinhos tiveram de chamar a Polícia.

Moradores e funcionários do edifício informaram que os jogadores chegaram com os rostos cobertos para evitar serem reconhecidos, mas o avançado Gabriel Jesus e o defesa central Miranda acabaram por ser identificados.

Alguns moradores gravaram vídeos da festa privada e divulgaram nas redes sociais. Num deles, um homem descreve o que aconteceu: “O som estava muito alto e acordou toda a vizinhança. A toda a hora chegava um Uber com garota de programa [a maneira como os brasileiros se referem a prostitutas]. A polícia acabou por chegar também. Esses foram os nossos heróis”.