Praia fumigada com lixívia ficou com vida animal completamente dizimada

Autoridades queriam tornar praia segura para crianças pelo que fizeram tratores passar pela área pulverizando desinfetante. Após se terem apercebido do erro, pediram desculpas formalmente.

A praia de Zahara de los Atunes, em Espanha, foi recentemente fumigada pelas autoridades do país vizinho com lixívia, no que a autarquia apelidou de um ‘erro’, noticia o The Guardian.

Esta quarta-feira, noticiou a imprensa internacional que toda a vida animal que vivia no areal desta praia foi completamente dizimada, situação que levou a um pedido de desculpas oficial.

De acordo com o explicado, foram utilizados dois litros por cada 100 de água, situação que fez com que nem os insetos daquele ecossistema tivessem resistido.

“Parece incrível que estas coisas ainda aconteçam, é uma loucura contra a própria praia”, disse María Dolores Iglesias, presidente da associação de voluntários ambientais de Trafalgar.

“No perímetro fumigado nada é visto, nem mesmo um inseto, mataram tudo. Não pensaram que isto é um ecossistema vivo, pensaram que é apenas terra”, acrescentou.

A situação foi igualmente reportada pela Greenpeace, que nas redes sociais deixou críticas a todo o processo, fazendo mesmo uma comparação com as observações recentes de Donald Trump.

Um funcionário municipal, Agustín Conejo, disse que as ações levadas a cabo foram motivadas apenas pelo desejo de proteger as crianças. “Reconheço que foi um erro”, disse à emissora Canal Sur. “Mas foi feito com a melhor das intenções.”