‘Rainha da droga’ usa urtigas para torturar empregada doméstica

Vítima obrigada a sentar-se em cima de urtigas e forçada a entrar de noite no mar após ter perdido saco com droga.

Os três arguidos, que estão em liberdade, respondem por tráfico de estupefacientes, coação e sequestro agravado.

Espancada com um pau de um metro e meio, obrigada a entrar de noite no mar gelado, forçada a sentar-se em cima de urtigas, ameaçada de morte com uma faca apontada ao pescoço, alvo de murros e pontapés por todo o corpo e um corte numa orelha.

A vítima, empregada doméstica, foi torturada durante 10 horas e chegou a desmaiar várias vezes enquanto era levada de carro.