Home / Desporto / Tapsoba abre guerra entre Benfica e FC Porto

Tapsoba abre guerra entre Benfica e FC Porto

Águias negam interesse no defesa do V. Guimarães e acusam dragões de tentarem desestabilizar a deslocação ao Minho.

O defesa-central Edmond Tapsoba, do V. Guimarães, está a abrir uma guerra entre o Benfica e o FC Porto.

A notícia sobre um suposto interesse dos encarnados no jogador do Burquina Faso, de apenas 20 anos, obrigou a SAD da Luz a desmentir esta sexta-feira à tarde a possibilidade de Tapsoba rumar ao Benfica. “A notícia é totalmente falsa e não tem qualquer fundamento. Não tem igualmente fundamento o interesse do Sport Lisboa e Benfica em qualquer outro jogador da Liga”, escreveu o clube no seu site oficial.

Este rápido desmentido aconteceu porque o Benfica acredita, segundo fonte próxima da SAD, ter sido o FC Porto a fazer circular a notícia nos órgãos de comunicação social no sentido de criar instabilidade em vésperas das águias se deslocarem a Guimarães, na 15ª jornada da Liga. O estádio minhoto é habitualmente um palco adverso aos visitantes, muito mais quando existem episódios que possam aumentar a animosidade contra o adversário. O empresário do jogador é o luso-brasileiro Deco, que vestiu seis temporadas a camisola do FC Porto.

O jogador africano tem sido um dos destaques deste campeonato (sete golos) e é um alvo apetecível por vários clubes.
O V. Guimarães apressou-se, entretanto, a renovar com o defesa até 2024, aumentando a cláusula de rescisão de 20 para 50 milhões de euros. Apesar do Benfica ter desmentido o interesse, o defesa tem vindo a ser observado pelos encarnados e por outros emblemas.