Home / Portugal / Educação PT / Vales para manuais escolares gratuitos disponíveis a partir de hoje

Vales para manuais escolares gratuitos disponíveis a partir de hoje

Este ano, todos os alunos, do 1.º ao 12.º ano, do ensino público vão poder adquirir manuais escolares gratuitos.

Os primeiros vouchers MEGA que vão dar, pela primeira vez, a oportunidade de todas as famílias de alunos do 1.º ao 12.º ano, no ensino público, a possibilidade de adquirirem manuais escolares gratuitos, começaram a ser emitidos esta terça-feira, dia 9 de julho.

Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, o Ministério da Educação esclarece que os primeiros vales emitidos dizem respeito aos manuais escolares dos 2.º, 3.º, 4.º, 6.º, 8.º, 9.º e 11.º. Os restantes anos de escolaridade começam a ter os vouchers disponíveis a partir de agosto.

Os vales MEGA permitem o levantamento dos manuais nas livrarias aderentes ou nas escolas, conforme se trate de manuais novos ou reutilizados. A distribuição dos manuais reutilizados é feita, aleatoriamente, pela plataforma MEGA.

Os vouchers ficam disponíveis à medida que os dados dos alunos são exportados para a plataforma MEGA por parte das escolas. De acordo com o ministério da Educação, trata-se de um processo evolutivo que resulta do trabalho de preparação do próximo ano letivo desenvolvido pelas próprias escolas.

O processo que hoje se inicia prossegue até setembro.

Os vales MEGA vão permitir às famílias pouparem, em alguns casos, centenas de euros. Desde que esta medida foi implementada, em 2016, que tem vindo a ser alargada, abrangendo, este ano, pela primeira vez, todos os alunos da escolaridade obrigatória do ensino público que vão frequentar o ano letivo de 2019/2020, que arranca entre 10 e 13 de setembro.

Taxas de reutilização ultrapassa os 50%

Ainda segundo o mesmo documento, a taxa de reutilização de manuais escolares ultrapassar os 50%, havendo muitos agrupamentos de escola e escolas não agrupadas que registaram taxas superiores a 80%.

Esta boa nova só foi possível porque, segundo o ministério da Educação, porque “as escolas de todo o país envolveram-se de forma determinante na reutilização dos manuais escolares, elemento fundamental de sustentabilidade ambiental e financeira da medida da gratuitidade dos manuais escolares”.

pub