Home / Mundo / Voos suspensos em aeroporto de Londres após descolagem falhada

Voos suspensos em aeroporto de Londres após descolagem falhada

Voos do aeroporto de Stansted, em Londres, Inglaterra, foram suspensos ​​depois de a descolagem de um avião ter falhado.

O voo da companhia Laudamotion para Viena abortou a descolagem por volta das 20 horas (mesma hora em Portugal continental), obrigando as 169 pessoas a bordo a sair do avião através do escorrega de emergência, avança a BBC. Passageiros dizem ter ouvido uma “explosão”.

Os voos a chegar foram desviados para outros aeroportos após o incidente, que um porta-voz do aeroporto de Stansted afirma ter sido causado por “uma falha no motor”. A mesma fonte disse que oito pessoas sofreram ferimentos ligeiros.

Um dos passageiros, Sam Long, escreveu no Twitter que ouviu um “barulho muito forte” quando o avião começou a acelerar e descolar, ao que se seguiu uma “grande desaceleração”.

Outro passageiro, Thomas Steer, contou que o avião acelerou durante cerca de 15 segundos até se ouvir um “estrondo no lado da aeronave, que derrapou até parar”. “Foi assustador. A equipe gritou ‘”evacuar evacuar””, acrescentou.

Vários outros passageiros reagiram ao incidente nas redes sociais. A própria página oficial do aeroporto de Stansted emitiu um comunicado no Twitter.

“Os voos estão atualmente suspensos devido a um avião que ficou retido na pista após uma descolagem interrompida devido a um problema suspeito no motor. Os procedimentos de emergência foram realizados e todos os passageiros foram retirados da aeronave por precaução e agora foram levados de volta para o terminal”, lê-se na publicação.

O avião foi retirado da pista pouco antes das 22 horas (mesma hora em Portugal continental) e foi iniciada uma inspeção para apurar as circunstâncias do incidente.

O aeroporto acrescentou: “Todos os voos serão retomados assim que for seguro. A segurança dos nossos passageiros é sempre a nossa maior prioridade e estamos a trabalhar com as companhias aéreas para garantir que os passageiros afetados sejam atendidos”.

pub