“Vou ficar sem trabalho no fim do ano”

Ator encontrou-se com o seu confidente, o mestre de kickboxing, e partilhou-lhe uma grande angústia. Tinha medo de não conseguir conseguir cumprir o contrato que tinha feito com o empreiteiro da casa que estava a construir.

Paulo Santos, mestre de kickboxing de Pedro Lima, não tem dúvidas de que se tornou no seu maior confidente no último mês.

“Ele não estava bem, era muito fácil perceber. E sei que me contava coisas que não contava a mais ninguém.

No fim do treino, chegávamos a ficar uma hora a conversar. Nos dias em que não havia treino, ainda falávamos ao telefone”.